Anúncios

Um Programa que é voltado para jovens que estão em busca de serem inseridos no mercado de trabalho. É uma oportunidade e tanto que pode transformar a vida deles.
O programa existe em todo o território nacional, totalmente de graça. A sua inscrição é destinado para que se possa ter uma formação teórica e prática, para conhecer toda a rotina trabalhista de uma empresa.

O funcionamento do Programa Jovem Aprendiz

A Lei de número 10.097 do ano 2000, diz que toda empresa de grande e médio porte deverá contratar jovens com idade entre os 14 até os 24 anos como aprendizes e com duração desse contrato de trabalho de até dois anos, são estimulados todo o potencial criativo desses meninos ou meninas, com acesso para o mundo do trabalho nas empresas que os contratarão.

A inclusão social nesse Programa

Os Jovens nesse Programa podem ter uma oportunidade de inclusão social, a partir do seu primeiro emprego e com isso, são aperfeiçoados com competências para o mundo do trabalho e os empresários também saem ganhando, pois, contribuem para que futuros profissionais tenham formação e ainda progredindo com os valores e a cultura da sua empresa.

Formação e metodologia para um jovem aprendiz

A metodologia desse Programa de aprendizagem se dá com a prática, como sendo a principal parte do currículo, porém, esses aprendizes são conduzidos para uma metodologia em encontros de formação na teoria e na prática da empresa e também da escola, para que aconteça um trabalho como condutor de sua proposta de educação.

As estratégias pedagógicas juntam o que é ministrado em sala de aula do ambiente escolar, com a prática do trabalho, esses conhecimentos podem gerar muitas questões que são trabalhadas em encontros e entre instrutor e aprendiz, fortalecendo a autoestima deles e o vínculo entre todos, sempre num ambiente descontraído, acolhedor e muito produtivo para que todos aprendam.

Quem pode participar

Para ser um aprendiz e participar desse Programa os jovens, independente do sexo masculino ou feminino, podem participar desde que, tenham idade entre 14 até os 24 anos, mesmo que incompletos e estudantes cursando o Ensino Fundamental ou o Ensino Médio. Jovens com alguma deficiência também podem participar e nesse caso, não se aplica a idade mínima.

As empresas que podem contratar

A Lei da Aprendizagem determina que empresas de médio e grande porte possam ter aprendizes contratados num número de seu quadro de funcionários, que pode chegar entre o mínimo de 5% e o máximo de 15%. Esse tempo de contratação para esse jovens pode ser de 11 a 23 meses, o que irá depender do curso e da carga horária que é solicitada pela empresa que pode ser de 4 ou 6 horas por dia.

As instituições de ensino profissionalizante

Existem instituições que são licenciadas para aplicarem o Programa Aprendiz Legal. Elas são as responsáveis pela formação educacional e de todos os seus cursos que serão ministrados para esses jovens em sua contratação, supervisionando toda essa aprendizagem desses jovens na empresa, desde o processo seletivo até o final desse
contrato.

Essa instituição também fica responsável pelo acompanhamento desses jovens com as relações de suas famílias, bem como, todo o desempenho desse mesmo jovem em sua escola regular. Essas instituições que ministram esse ensino profissionalizante podem ser o SENAI, SENAC, SENAR, SENAT, CIEE, o Gerar, as Escolas Técnicas e Profissionalizantes, as Secretarias Regionais de Educação e outras que podem oferecer seus cursos de formação para esses jovens.

Os cursos disponíveis

No Programa Jovem Aprendiz, os jovens podem se beneficiar de alguns cursos que servirão como base para os primeiros passos de sua futura profissão e são cursos de: Auxiliar de Alimentação: preparo e serviços, Auxiliar de Produção Industrial, Comércio Varejista, Logística, Ocupações de Administração, Práticas de Banco, Telemática,
Telesserviços, Turismo e Hospitalidade.

A carga horária

Nesse Programa é destinada uma carga horária para esses jovens que ainda estão estudando e por isso a sua jornada de trabalho não deve passar de quatro horas por dia para aqueles jovens que ainda estão estudando, somando as horas de atividades teóricas e práticas ou seis horas por dia no máximo, para os que já concluíram o Ensino Médio e incluindo as horas das atividades teóricas e práticas.

O salário desses Aprendizes

Essa Lei chamada de Aprendizagem garante para esses jovens o direito a um salário, que pode ser equiparado às horas trabalhadas e em algumas empresas contratantes, esse salário pode ser maior que o mínimo. Nesse salário já estão incluídas o valor de todas as atividades práticas e teóricas, que são realizadas nas empresas que o contratou, também o descanso semanal remunerado e os feriados.

As garantias trabalhistas

Esses jovens admitidos nas empresas possuem garantias trabalhistas que são a da carteira de trabalho assinada, o recolhimento do FGTS (Fundo de Garantia pelo Tempo de Serviço), as férias que são determinadas pelo tempo trabalhado, o salário, o 13º salário, a passagem no vale transporte, à alimentação pelo ticket alimentação
ou refeição, algumas empresas oferecem planos de saúde ou descontos em compras em lojas credenciadas.

A gratuidade desse Programa

Esse Programa de Aprendizagem é completamente de graça para esses jovens, inclusive sua inscrição e também o seu curso de formação que eles recebem durante o tempo desse contrato estar ativo, a vantagem para esses aprendizes é a de receberem não somente o salário, mas suas garantias de benefícios pelo Programa, como também receber todo o aprendizado a ser exercido nos desafios profissionais.

Como proceder para realizar a inscrição

As inscrições para participar desse Programa podem ser feitas diretamente na empresa contratante ou o jovem entrando em contato com uma das instituições citadas acima e que são parceiras em seu estado. Pela internet pode ser feita pelo site da CIEE, que é o Centro de Integração Empresa-Escola, pelo www.ciee.org.br/portal ou pelo Gerar https://www.gerar.org.br/aprendiz-legal/, dependendo de sua localização.

Se você é jovem e possui todos os requisitos para se beneficiar desse Programa de Aprendizagem, não pode perder a chance de continuar estudando, aprender uma nova profissão e o melhor de tudo, ainda conquistar a sua independência financeira.

4 comments

Comments are closed.

Conteúdo Relacionado

Jovem Aprendiz Melissa – Linha de Calçados

Anúncios A Melissa é uma linha de calçados, que foi criada no…

Tudo sobre Jovem Aprendiz Farmácia Pague Menos – Rede de medicamentos

Anúncios No ano de 1981 foi aberta a primeira farmácia Pague Menos…

Jovem Aprendiz Industrial – 10 processos com vagas abertas

Anúncios Entre os setores que mais empregam jovens Aprendizes está o da…