Anúncios

Foi assinada uma Medida Provisória pelo atual presidente com as novas regras do Minha Casa, Minha Vida 2024 (MCMV). Agora, o programa habitacional, que visa fornecer moradia e habitação para famílias de baixa renda, passará por atualizações nos próximos meses.

Criado em 2009 durante o primeiro mandato do presidente Lula, o Minha Casa, Minha Vida foi então substituído pelo programa Casa Verde e Amarela durante o governo do ex-presidente Bolsonaro. Com o retorno de Lula, o governo federal resgatou o nome original do programa.

O atual governo ainda tem usado esse que é um dos carros chefes e reafirmou seu compromisso na construção de novas moradias.

Mas muitas famílias ainda não sabem quais os passos para realizar a inscrição no programa habitacional. Por isso hoje trouxemos este artigo com um passo e outras orientações importantes.

Requisitos e faixas de renda do Minha Casa, Minha Vida 2024

O programa MCMV, que agora usa recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), oferece descontos e taxas segundo a renda da família e a localização do imóvel.

Mais uma novidade é que o imóvel financiado poderá ser novo ou usado. Mas há ainda como obter financiamento para a construção de uma moradia em área urbana.

Vamos entender primeiro sobre as faixas de renda. Elas se tratam de uma maneira de organizar as famílias de acordo com o quanto ganham no mês, o que ainda afeta as taxas do financiamento.

Esse programa possui as faixas de renda a seguir:

  • Faixa Urbano 1: aqui estão as famílias de recebem por mês até R$ 2.640;
  • Faixa Urbano 2: já aqui estão as que recebem entre R$ 2.640,01 a R$ 4.400 por mês;
  • Faixa Urbano 3: e aqui as que recebem por mês entre R$ 4.400,01 a R$ 8.000.

Cabe ressaltar que o valor das faixas de renda não inclui benefícios temporários, assistenciais ou previdenciários, como o auxílio-doença, Benefício de Prestação Continuada (BPC), Bolsa Família ou mesmo o seguro-desemprego.

E é importante ainda mencionar que o foco do governo são as famílias classificadas na faixa 1 do programa. Essas famílias recebem do governo uma ajuda de 80% a 95% do valor total do imóvel, tendo que financiar o restante tendo acesso a parcelas com juros bem baixos.

Cadastro no Minha Casa, Minha Vida: relação de documentos

O modo como o cadastro será feito varia segundo a faixa de renda do beneficiário.

As famílias classificadas na Faixa 1 terão que comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal para realizar o cadastro. Os documentos necessários para elas são:

  • Carteira de Identidade (RG);
  • CPF;
  • Comprovante de estado civil;
  • Comprovantes de renda;
  • E também há que apresentar o extrato do FGTS.

Para as famílias com renda mensal de até R$ 8.000, existem outras formas de contratação do Minha Casa, Minha Vida 2024. É possível se inscrever individualmente, através de uma construtora ou de uma entidade organizadora ligada a um empreendimento financiado pela Caixa Econômica Federal.

É importante realizar uma simulação a fim de obter mais informações. Essa simulação é importante ainda para verificar o valor que será possível para você investir nesse financiamento. Após realizar a simulação, entregue toda a documentação para um Correspondente Caixa Aqui ou na agência da Caixa mais próxima de você.

Passo a passo para realizar seu cadastro

A seguir, listamos os passos necessários para se cadastrar no programa Minha Casa, Minha Vida.

Passo 1: Verifique em qual das faixas de renda sua família se enquadra

Antes de iniciar o cadastro (dar entrada no financiamento), veja se a renda mensal da sua família está dentro das faixas estabelecidas pelo programa.

A faixa 1, com renda bruta por mês de até R$ 2.640, é o foco do programa, contudo, há opções para as famílias com renda de até R$ 8.000.

Passo 2: Reúna a documentação necessária

Certifique-se de estar com todos os documentos necessários para o cadastro, como mencionamos. E é importante que esses documentos estejam atualizados.

Passo 3: Vá até uma agência da CEF

Após ter em mãos toda a documentação necessária, vá até uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF). Procure lá a área responsável pelo Minha Casa, Minha Vida 2024 e conte que possui interesse no cadastro.

Os funcionários da Caixa irão orientá-lo e auxiliá-lo durante o processo. Inclusive, é importante levar consigo a simulação que fez no site da Caixa.

Passo 4: Apresente a documentação e faça o cadastro

No momento do atendimento, apresente os documentos que listamos. Os funcionários da Caixa vão analisar a sua documentação e realizar o cadastro no programa.

É crucial apresentar informações precisas e atualizadas a fim de garantir que seu cadastro seja processado corretamente. Mas se precisar de ajuda, não deixe solicitar aos atendentes.

Passo 5: Aguarde a análise e a aprovação do seu cadastro

Após o cadastro, a Caixa realizará a análise das informações fornecidas. Essa análise considera critérios como renda familiar, documentos e disponibilidade de recursos. A aprovação do cadastro dependerá desses fatores.

É por isso que é importante tomar todo o cuidado de apresentar dados e informações corretos e atualizados.

Passo 6: Acompanhe o processo e aguarde a seleção

Após a análise e a aprovação do cadastro, acompanhe o processo. A Caixa entrará em contato se a sua família for selecionada para o programa. Vale ressaltar que o número de vagas e a disponibilidade de imóveis podem variar de acordo com a demanda e a região.

Passo 7: Assine o contrato e realize o financiamento

Se sua família for selecionada, você terá que assinar um contrato de financiamento junto à Caixa Econômica Federal.

Nesse momento, você conhecerá os detalhes do financiamento, tais como parcelas, prazos, juros e outras condições. Antes de assinar qualquer coisa, esclareça todas as suas dúvidas e revise o contrato.

Mais informações sobre o programa habitacional do governo

Se você ainda tem dúvidas, existem muitos canais que poderá usar e entrar em contato com a Caixa. Há os telefones: 4004 0 104 (Capitais e Regiões Metropolitanas) e 0800 104 0 104 (Demais regiões). E há ainda os aplicativos da Caixa, as agências e o Whatsapp 0800 104 0 104.

Descubra as 5 construtoras que têm imóveis do Minha Casa Minha Vida e garantem a realização do seu sonho da casa própria!

  1. MRV Engenharia: A eleita três vezes consecutivas a maior construtora do Brasil, com uma sólida trajetória de 36 anos no mercado. A MRV possui imóveis em mais de 130 cidades, distribuídos em 20 dos 27 estados do país. Confie na excelência da MRV Engenharia para garantir um lar seguro e confortável.
  2. Direcional Engenharia: Duas vezes consecutivas eleita a segunda maior construtora do Brasil, a Direcional Engenharia possui 35 anos de experiência no mercado. Seus empreendimentos estão presentes em 26 cidades de 7 estados brasileiros. Não perca a chance de conhecer as opções oferecidas pela Direcional Engenharia.
  3. Construtora Tenda: Com uma trajetória de 45 anos no mercado, a Construtora Tenda oferece imóveis em 10 estados do Brasil. Visite uma das lojas da Tenda ou acesse o site da empresa para descobrir as diversas opções disponíveis. Conte com a credibilidade e qualidade da Construtora Tenda para conquistar a tão sonhada casa própria.
  4. Rossi Residencial: Há 35 anos no mercado e com mais de 115 mil imóveis vendidos, a construtora Rossi Residencial oferece diversas opções de moradia em 16 estados do Brasil. Não perca a oportunidade de conferir as opções disponíveis na ampla seleção da Rossi Residencial.
  5. Construtora Vitale: Com atuação exclusiva no estado do Rio de Janeiro, nos bairros da Barra da Tijuca, Campo Grande, Madureira, Maria da Graça, Vaz Lobo e Grajaú, a Construtora Vitale é parceira do programa Minha Casa Minha Vida. Além de imóveis residenciais, a Vitale também oferece espaços para empreendimentos e negócios, proporcionando opções para diferentes necessidades.

Antes de realizar o tão aguardado sonho da casa própria, é essencial verificar a confiabilidade das construtoras. Por isso, recomendamos que você pesquise e faça uma análise criteriosa, avaliando os históricos e depoimentos de clientes satisfeitos. Não perca tempo e faça parte do programa Minha Casa Minha Vida com uma dessas renomadas construtoras. Garanta já a sua segurança, conforto e qualidade de vida!

Conteúdo Relacionado

Minha Casa, Minha Vida: Novas regras para ampliar o acesso de beneficiários

Descubra as novas medidas e regras implementadas com o objetivo de expandir o acesso a benefícios e programas sociais, beneficiando um número maior de pessoas.

Governo Federal quer aumentar o subsídio para conseguir zerar entrada no Minha Casa, Minha Vida

Descubra como essa medida busca tornar mais acessível o sonho da casa própria para famílias de baixa renda, oferecendo condições facilitadas para aquisição de moradias e proporcionando melhores oportunidades de conquistar a tão desejada casa própria.

É melhor comprar um imóvel por financiamento ou consórcio?

Descubra as vantagens e desvantagens de comprar um imóvel por meio de financiamento ou consórcio. Nesta análise detalhada, explore as diferenças entre essas duas opções de aquisição de imóveis, considerando aspectos como taxas de juros, prazos, flexibilidade de pagamento e possibilidades de contemplação.